3xT – Projeto Nata

A agência 3xt, de Luisa Azevedo, Ana Wainer e Letícia Santos, inaugurou sua entrada no mercado Brasileiro com uma exposição chamada Projeto nata: elas distribuíram 15 camisetas para designers, estilistas, fotógrafos e stylists customizarem. E eu, Cristiane Bertoluci, fui uma das 15.

Usei uma idéia de um híbrido entre uma camiseta e uma blusa de tricô. Usei a técnica de jacquard com fio degradé e fio liso para criar os desenhos tirados de gráficos de tear indígena.

Rebordando os pontos e o gráfico do jacquard em tricô

E longa vida ao 3XT 🙂

FlyKnit – O Tênis de Tricô

A Nike acaba de lançar um modelo novo para corrida que buscou uma tecnologia nova no Tricô, O Flyknit.

Nike FlyKnit

Aqui um vídeo explicando como a Nike foi tricotando a idéia. E, para o lançamento mundial do tênis, foram realizados eventos e exposições em diversos países do mundo. No Brasil, o Rio de Janeiro teve uma exposição do artista Ernesto Neto.

Ernesto Neto para Flyknit

Mais imagens e informações sobre os eventos aqui.

Agata Olek

A artista polonesa Agata Olek, conhecida por suas instalações em que forra tudo em crochets, esta no Brasil 🙂

40 Under 40 Craftfutures

A artista conhecida como uma das principais yarnbombers mundiais, começou a utilizar o crochet como base do seu trabalho por ser uma maneira de fazer arte sem deixar de lado uma paixão: assistir filmes.

Knitting is for Pussies

Piano

Em uma semana, crocheteiras recrutadas e auxiliando o trabalho da artista, cada uma esta fazendo quadrados seguindo os padrões utilizados pela artista para formar tendas que ela estará expondo no Sesc Interlagos durante a Mostra Sesc de Artes. Mas, já é possível ter uma amostra do trabalho da artista lá na Galeria Choque Cultural, na Rua João Moura 🙂

Estamos adorando trabalhar com a artista.

Little Land

Coelha Clementina – Little Land

Ano passado, Leticia Lima resolveu largar a arquitetura e se dedicar a um projeto (ou melhor, um mundo) completamente novo: a criação infantil em crochet manual.
Após uma viagem ao Chile, voltou com lãs e idéias na cabeça…e nos pés das crianças.
Ao me contar a idéia e compartilhar a vontade de desenvolver a marca, me vi pensando em chifres de rinoceronte, olhos de sapo, patas de dinossauro e jubas de leão.

Assim nasceu a Little Land, uma marca que poetiza o manual para crianças, com amigurumis, cobrecucas e tapapé.

Cobrecuca de Sapo

Girafa Matilda

Tapapé Urso

Tapacuca Leão

E a minha inspiração enquanto auxiliei no desenvolvimento da coleção foi sempre uma música que embalou a minha infância.