“Tea Cosy” – Chá mais gostoso de pegar

Adorei o nome dessas peças de tricô comuns na Inglaterra, país que é um grande apreciador de chá: “tea cosy”, que numa tradução direta seria “chá aconchegante” ou “aconchego do chá”. Uma amiga que tem a família meio brasileira, meio inglesa, falou que a avó dela sempre trazia o chá aconchegado num protetor de tricô como estes. Clicando na foto dá pra comprar na Etsy. Esse com flores é demais!

Imagem

Imagem

Imagem

Aliás, pra começar facilzinho, que tal um protetor de copo como este?

Imagem

Tricô e tecnologia juntos

Modesta foto que tirei na loja Rough Trade

Estive a sorte de poder estar em em Londres há duas semanas (out/2011) e me emocionei ao ver que materializado meu desejo de loja: originalmente uma loja de CD’s e vinis, a Rough Trade estava oferecendo produtos e workshops de DIY (do-it-yourself, ou faça você mesmo).

O cantinho do tricô. Mantas meio bizarras para iniciantes.

Numa das paredes da loja, era possível encontrar e comprar produtos “faça você mesmo”: um cantinho dedicado ao tricô, da “Prick your Finger” (só com coisas divertidas, vide a foto do iPhone de tricô), outro de kits caseiros de itens de tecnologia, da “Technology will save us” (foto abaixo).

Isso tudo no meio de uma loja de CD’s bem moderna, no meio de Brik Lane, um bairro descoladinho de Londres.

A loja é assim:

Só pra não deixar passar a oportunidade de falar mais da cultura DIY: se você leu esse post até aqui, não deixe de conferir esse site, se é que já não conhece: Instructables (em inglês). Cheio de coisas para fazer com as próprias mãos. Um ótimo jeito de se ocupar com algo que não seja uma tela como essa.

Wool and the Gang

Estes caras são demais.

Desenvolveram um fio grosso, sexy, lindo. Não preciso nem dizer que nada apropriado para as temperaturas do Brasil… mas qualquer peça tricotada com esse fio fica um arraso. Com a vantagem de que rapidinho se faz uma peça. (saudades de NY…) Eles chamam o fio de Crazy Sexy Wool.Um espírito meio street, meio fashion, dando muito charme para o trabalho manual.

O que destaco: 1) acabaram de abrir uma loja em NY, um bom tempo depois de a loja online existir. 2) em um evento do poderoso site de venda online Net a Porter, brilharam com seu design incrível. 3) arradaram levando sua criatividade para o Japão, num evento com a TomorrowLand. 4) seus produtos foram divulgados na Elle France no final de 2009. Precisa mais prova de que os caras são mesmo foda?

Neste link, vários vídeos tutoriais ensinando a colocar os pontos na agulha, fazer os pontos mais simples… de uma forma bem didática.

No canal do You Tube deles tem todos os vídeos já feitos. Uma bela coleção.

Umas rápidas e básicas traduções:

Needle = agulha

Stitch = ponto

Yarn = o fio (pode ser lã, fio de algodão…)

Ball = novelo

Aqui, posto um vídeo que ensina como começar colocando os pontos na agulha, usando apenas uma agulha (cuidado para não apertar demais os pontos).

Fotinhos da loja em NY, do evento com o Net a Porter, do evento no Japão.

Esse é meu colete favorito:

A loja vende kits de tricô (a quantidade de fio certa para tricotar determinada peça + as agulhas e whatever precisar). As peças também podem ser compradas na loja online. Tudo absolutamente maravilhoso e sem dúvida muito caro para bolsos brasileiros. Mas vale uma visitinha para se inspirar: a lojinha, aqui.

Maria Aversa – Buenos Aires

imag001.jpg

Maria Aversa, uma loja em Buenos Aires que vende roupas e acessórios lindos feitos a mão de tricô. Estava passando na frente, caminhando por Palermo Viejo, e tirei essa foto da vitrine (isso foi no inverno de 2007).  A coleção de inverno 2009 está  here.

Maria Aversa, a store in Buenos Aires that sells clothes and knitted pieces. Saw while walking in Palermo Viejo. An online catalog of knitted pieces is here.